A escova certa para o seu cabelo

Descubra Qual é a Escova Certa Para O Seu Tipo De Cabelo

A maioria das mulheres se preocupa com a beleza dos seus cabelos. Mas para que eles fiquem lindos e sedosos, é necessário tomar alguns cuidados os fios. De acordo com Marília Kikushi, cabeleireira e técnica do segmento de beleza da Condor, o mais importante é escolher a escova certa para cada tipo de cabelo, para pentear os fios e deixá-los mais bonitos.
Segundo a cabeleireira Juliana Ramires, também é preciso escolher a escova certa na hora de alisar os cabelos. Desta forma, quem tem cabelos longos deve utilizar escovas com um diâmetro maior do que aquelas que têm cabelos curtos, para não enroscar os fios.
Esses acessórios são fabricados em diversos modelos, formatos, tamanhos e tipos de cerdas. Por isso, se você não quer errar na hora de fazer a sua escolha, é melhor você conhecer os principais tipos de escovas e a finalidade de cada uma delas. Confira!
Formatos e modelos:
  • Raquete: é a melhor escova para desembaraçar os cabelos longos.
  • Redonda: é muito utilizada para alisar e modelar os cabelos.
  • Oval: é ótima para escovar os cabelos ondulados e finos.
  • Vazada: é ideal para cabelos molhados, pois deixa o ar a circular.
  • Térmica: mantém as cutículas fechadas, ajudando a eliminar o frizz.
Tipos de cerdas:
  • Mistas: são ótimas para dar mais brilho e maciez aos cabelos.
  • Naturais: alinha os fios e reduzem o frizz.
  • De javali: ajuda a distribuir a oleosidade natural ao longo dos fios.
  • De náilon: são boas para eliminar os fios arrepiados.
  • De madeira: retira a elasticidade dos fios, mas deve ser utilizada somente com os cabelos secos.
  • De metal: são ótimas para desembaraçar os fios, mas é preciso ter cuidado para não ferir o couro cabeludo.
  • De plástico: ideais para desembaraçar os fios molhados.
  • Ionizadas: liberam íons que fecham as cutículas e deixam o cabelo mais sedoso.
  • Com dupla altura: aderem melhor ao cabelo, para modelar e reduzir o volume.
  • Com bolinhas nas pontas: ajuda a massagear o couro cabeludo.
Base das escovas:
  • Cerâmica: usada na finalização de escovas, pois distribuem melhor o calor do secador.
  • Almofadada: diminuem o atrito entre a escova e os cabelos, proporcionando uma sensação agradável.
  • Madeira: elimina a estática dos fios e reduzem o frizz.
  • Plástico: são bem resistentes e boas para cabelos molhados.
  • Alumínio ou metal: retém o calor do secador, acelerando o processo de secagem.
Escovas indicadas para cada cabelo:
  • Lisos: as escovas com cerdas mistas aderem melhor aos fios.
  • Ondulados: os formatos redondos com cerdas mistas ajudam a modelar as pontas.
  • Cabelo ralo: a escova térmica levanta a raiz e ajuda a aumentar o volume.
  • Cacheados ou cheios: utilize escovas de madeiras com cerdas naturais, que evitam o frizz e ajudam a tratar os cabelos.
  • Danificados: prefira escovas com cerdas naturais, que ajudam a tratar dos cabelos.
  • Crespos: o melhor é utilizar uma escova térmica para modelar.
  • Com progressiva: os modelos mais indicados são os que têm revestimento térmico. A escova raquete com base almofadada também pode ser usada para secar os fios.
  • Com alongamento ou Megahair: evite o uso de escovas com bolinhas nas pontas para não retirar os fios que estão presos ao cabelo.
  • Curtos: os modelos de menor diâmetro aderem melhor aos fios e ajuda a modelar os cabelos.
  • Longos: a escova raquete com cerdas separadas desembaraça sem agredir os fios. Os modelos com cerdas diagonais são bons para alisar.

Artigos Populares