Fotodepilação - Perguntas e Respostas sobre este método

Para aqueles que desejam ter uma pele lisinha e sem pêlos, mas não desejam passar pelo desconforto de alguns tipos de depilação, a solução é  encarar algumas sessões de fotodepilação.

A fotodepilação, ou depilação com luz pulsada intensa ainda é uma novidade, ainda existem muitas dúvidas a respeito deste tipo de procedimento. Antes de sair correndo para fazer o tratamento, veja uma lista de perguntas e respostas sobre fotodepilação.
Quanto custa?

O tratamento costuma ser cobrado por sessão e o valor de cada sessão para uma área do corpo custa em média R$60,00. Pernas e braços costumam custar mais caro, pois cada perna e cada braço é contado separadamente.

Quantas sessões são necessárias?


A quantidade de sessões depende muito do tipo de pele e da região a ser depilada. Em média é necessário realizar de 6 a 8 sessões para completar o tratamento.


Qual é o intervalo entre as sessões?


Para que a pele possa se recuperar e  novos pêlos possam crescer, é necessário um intervalo de três semanas a quatro semanas entre as sessões.


Grávidas podem fazer fotodepilação?


Não há estudos que comprovem que a fotodepilação seja prejudicial ou segura para mulheres grávidas, por isto, o melhor é não arriscar e evitar fazer o procedimento quando se está grávida. Além disto, mulheres grávidas sofrem alterações hormonais e isto pode atrapalhar o resultado do tratamento.

A fotodepilação é definitiva?


Nenhum tipo de depilação é definitiva, mas a fotodepilação promete eliminar 90% dos pêlos e requer manutenções anuais para garantir a ausência de pêlos.

Este procedimento é dolorido?


A sensação é de calor e de algo puxando os pêlos. Algumas pessoas podem sentir este calor com um pouco mais de intensidade, mas mesmo assim não chega a sentir dor.
O gel aplicado para resfriar as áreas antes dos disparos pode incomodar as regiões mais sensíveis, por ser muito gelado, mas isto não causa dores.

Quais são as vantagens da fotodepilação?


A fotodepilação é menos agressiva que os outros métodos de depilação. Além disto, ela evita que os pêlos fiquem encravados, clareia a pele manchada por depilações anteriores e evita problemas como a foliculite, causados pelas alergias às depilações com lâminas ou ceras.


É possível depilar qualquer área do corpo?


Todas as áreas do corpo podem ser depiladas, exceto as mucosas e as regiões muito próximas aos olhos, como as sobrancelhas e o nariz.

Existem efeitos colaterais?


Em alguns casos a pele pode ficar avermelhada e ardida, mas esta sensação costuma passar em poucas horas. Para evitar que isto aconteça, o ideal é fazer uma prova antes de iniciar o tratamento e utilizar um creme especial antes e após cada sessão.

Existem contraindicações?


Peles bronzeadas não devem ser tratadas com a fotodepilação,  pois poderá ficar manchada. Peles com tatuagem também são contraindicadas para o tratamento. Doenças como diabetes, câncer de pele, epilepsia e outras doenças também são impedimentos para o procedimento. A depilação em menores de treze anos e em pessoas que fizeram cirurgias recentes também é contraindicada.

Quais são os cuidados que se deve ter antes e depois das sessões?

A exposição solar deve ser evitada por duas semanas antes e por duas semanas depois de cada sessão. É preciso evitar a aplicação de alguns tipos de creme nas regiões tratadas. Além disto, a pele deve ser depilada com lâmina de dois a três dias antes de cada sessão.

Quais as vantagens da fotodepilação em relação ao laser?

Ambas as técnicas utilizam a luz, mas a fotodepilação é mais moderna e consegue eliminar diferentes tipos de pelos, como o ruivo ou o loiro. A depilação com laser costuma ser dolorida e mais agressiva.

Artigos Populares