Você está na Terra a trabalho ou a passeio?

Quando trabalhava em uma multinacional, onde todos viviam correndo o tempo todo, certa vez escutei uma colega dizendo que seu irmão era folgado e preguiçoso, pois não gostava nem um pouco de trabalhar. Ela dizia isso revoltada porque ele tinha orgulho de viver as custas de sua mãe e ainda vivia dizendo que ele tinha vindo a Terra para passear e que ela estava aqui para trabalhar.


Sinceramente, eu achei interessante as posturas contrárias destas duas pessoas, ambas com quarenta  e poucos anos, com os mesmos pais e com o mesmo grau de escolaridade. Um poderia viver como o outro se quisesse, mas os dois estavam orgulhosos da vida que levavam. Ela só sabia trabalhar e ele não fazia nada que não fosse por diversão.



Realmente é grande o número de pessoas que conseguimos classificar como trabalhadores ou turistas, sendo que a maior parte delas não se da conta de que vive a vida desta forma. É difícil alguém admitir que só vive para o lazer, assim como é difícil alguém confessar que não sabe fazer nada além de trabalhar. Mas por que será que essas pessoas são assim?

É verdade que existem situações nas quais as pessoas não possuem escolhas e por isso acabam trabalhando mais do que deveriam. Outras trabalham muito apenas por um período até atingir algum objetivo. Mas problemas financeiros a parte, ainda assim algumas pessoas fazem questão de trabalhar muito e não reservam nem um tempinho para o lazer. Geralmente, este tipo de pessoa até pode ir para uma viagem de férias, mas faz isto apenas para agradar seus familiares e, nestes casos, elas nem sempre se divertem.

Claro que não é legal também viver apenas para o seu próprio prazer, sabendo que no mundo existem muitas pessoas passando necessidade. E como alguém pode se divertir as vinte e quatro horas do dia, sem nem sequer realizar um trabalho voluntário, também é algo difícil de compreender. Pior ainda é quando a pessoa não possui recursos para bancar a sua ociosidade e não enxerga ou não respeita o esforço que outra pessoa está fazendo para sustentá-lo.

O ideal seria que todos conseguissem equilibrar a vida para fazer de tudo um pouco. Não é nada saudável viver apenas trabalhando, e não é nada justo viver sem trabalhar enquanto outros estão se matando de trabalhar por aí. Por isso, mesmo que uma pessoa não precise do dinheiro do trabalho para o seu sustento, não custa nada trabalhar um pouquinho que seja para ajudar o próximo. Afinal de contas, não é todo mundo que trabalha muito apenas por opção.

Além disto, bom mesmo seria se ao invés de ficarem brigando, um ensinasse ao outro um pouquinho do seu jeito de levar a vida, para que todos pudessem viver de forma equilibrada, tornando o mundo muito melhor e deixando as pessoas muito mais felizes.

Artigos Populares