10 verdades sobre crises de enxaqueca

A enxaqueca é uma dor latejante que pode atingir tanto um quanto os dois lados da cabeça. Este mal atinge principalmente as mulheres, que sofrem de constantes alterações hormonais e, por isto, estão mais sujeitas a enfrentar o problema ao longo da vida.

Veja abaixo algumas verdades sobre este problema, que atinge aproximadamente uma entre quatro pessoas no mundo todo.

1) Alguns alimentos podem evitar o problema: Os alimentos que contem magnésio, como as castanhas, os frutos do mar e a soja, podem contribuir para uma redução nas crises de enxaqueca. Além do magnésio, o aminoácido triptofano, contido em alimentos como o feijão e as verduras,  também ajudam a combater o mal.

2) Quem  sofre de enxaqueca pode ver vultos: Algumas pessoas que sofrem de enxaqueca podem ter algumas alterações na visão, o que causa a impressão de que estão vendo faíscas brilhantes, estrelas e vultos.

3) Estresse causa enxaqueca: A ansiedade e o estresse são as principais causas de algumas crises de enxaqueca.

4) Ficar em jejum pode causar enxaqueca: Uma das causas da enxaqueca pode ser o jejum prolongado.

5) Menstruação causa enxaqueca: Muitas mulheres que sofrem de enxaqueca costumam ter essas crises antes  ou durante o período menstrual.

6) Anticoncepcionais podem aumentar as crises de enxaqueca: O uso de anticoncepcionais podem causar enxaqueca em algumas mulheres. Algumas mulheres têm enxaqueca apenas com algumas marcas de anticoncepcionais.

7) A gravidez exerce influência sobre as crises: Em algumas mulheres as crises de enxaqueca diminuem ou até desaparecem. Entretanto, mulheres que não tinham enxaqueca poderão desenvolvê-la neste período.

8) A menopausa reduz as crises de enxaqueca: Devido à baixa produção de hormônios, muitas mulheres deixam de sentir as dores na menopausa. No entanto, se elas fizerem reposição hormonal o problema pode continuar.

9) Quem sofre de enxaqueca deve evitar mudanças de temperatura: A mudança brusca de temperatura ou a ingestão de líquidos gelados com o corpo quente podem causar uma crise.

10) Existe tratamento para quem sofre desse mal: A prevenção é feita com antidepressivos, anticonvulsivos, vitaminas B6 e B12 ou acupuntura. O tratamento preventivo serve para manter as crises sobre controle e é feito fora do período de crise. Durante as crises, o indicado é usar analgésicos e remédios para enjôos. Cada pessoa reage diferente aos tratamentos e o que funciona para uma pode não funcionar para outra. Desta forma, o ideal é sempre consultar um médico para que ele prescreva o medicamento mais indicado.

Artigos Populares